Inicio Extensão Eventos Palestra

Tempo

Content on this page requires a newer version of Adobe Flash Player.

Get Adobe Flash player

Share to Facebook Share to Twitter Share to Linkedin Share to Google 



Palestra PDF Versão para impressão Enviar por E-mail

IPFN

Dos plasmas à fusão nuclear: Domar a energia das estrelas

Doutor Bruno Soares Gonçalves

IPFN – Instituto de Plasmas e Fusão Nuclear

11/março/2015 - 14:30 - Anf. Ciências Florestais, Edf. Ciências Florestais

Resumo

A população mundial irá aumentar de 6 para 9 mil milhões nos próximos 50 anos. Este aumento populacional a par com o crescimento económico, irá contribuir para um significativo aumento da procura de energia sendo imperativo encontrar fontes de energia capazes de providenciar energia a baixo custo, de forma limpa e segura.

 

 

A fusão nuclear, a fonte de energia do universo que alimenta as estrelas, tem tido um progresso considerável nas últimas décadas e poderá em breve sair do laboratório tornando-se uma opção credível e benigna para produção de eletricidade em larga-escala e de forma limpa. Atingir este objetivo requer uma intensa atividade de investigação e um esforço de longo-termo requerendo um programa de investigação e desenvolvimento coordenado pela União Europeia.

O seminário irá introduzir a fusão nuclear, a justificação para o seu desenvolvimento e demonstrar as principais vantagens desta forma de energia. Irá também abordar o estado-da-arte nesta área de investigação na área da física e tecnologia, com ênfase no trabalho desenvolvido no tokamak JET (Reino Unido), o esforço desenvolvido para o futuro reator experimental ITER.

 

Noticias

Prémio Nobel da Física 2017

3 de outubro de 2017

O prémio Nobel da Física 2017 foi atribuído conjuntamente a Rainer Weiss, Barry C. Barish e Kip S. Thorne "por contribuições decisivas para o detector LIGO e a observação de ondas gravitacionais"

Press release

 
Prémio Nobel da Física 2014

7 de Outubro de 2014

O prémio Nobel da Física 2014 foi atribuído conjuntamente a Isamu Akasaki, Hiroshi Amano e Shuji Nakamura "pela sua invenção de díodos de emissão de luz azul eficientes que possibilitaram a construção de fontes de luz branca intensa com economia de energia"

Press release

 
Prémio Nobel da Física 2013

8 de Outubro de 2013

O Prémio Nobel da Física foi atribuído ao belga François Englert e ao britânico Peter Higgs, dois dos físicos teóricos que, nos anos 60, postularam a existência de uma partícula elementar que confere massa a todas as outras.

Press release